Pular para o conteúdo principal

TUDO AZUL, TODO MUNDO NU


Sabe aquela frase: "Já vi isso antes.", pois é, posso ter dito esta frase desde que nasci, porque na minha opinião, o mundo sempre foi o mesmo desde o tempo das cavernas. Não que eu tenha nascido no tempo das cavernas, diga-se de passagem.

- Tem dinheiro?
- Sim.
- Então aguarde sentado naquela sala bem confortável. Quer um cafezinho?
- Não tem dinheiro?
- Não.
- Pode aguardar no final da fila que já está virando a esquina.
E olha que isso não é demérito apenas do Brasil. No mundo todo o dinheiro dita regras.

Enquanto nós tupiniquins estamos parecendo cego em tiroteio, os EUA passam o dia contando dinheiro, ou vocês acham que o dólar custando 4 reais para nós brasileiros não torna a economia americana mais forte? E isso pensando em nós como cegos em tiroteio, imagina na África, onde os alvos são os próprios africanos?

Já ouvi falar que no mundo morrem mais pessoas de fome do que em todas as grandes guerras juntas, o que também faz todo sentido. Os vitoriosos sempre dividem os espólios da guerra e os perdedores passam dificuldades para o resto de suas vidas.

Agora falando sério... Como se tudo que falei até agora não fosse sério. E o Bolsomito com seus soldadinhos de chumbo? O bom de se ter soldadinhos de chumbo na coleção é que quando um cai e quebra a perna, logo você pode substituir por outro igualzinho com a perna um pouco melhor. Não culpo o "Mito, mito, mitotô!" por nada do que acontece no governo dele, coitado. Está mais para bucha de canhão do que para Presidente de La Republica Tupiniquim. Todos sabemos que Bolsonaro chegou à Presidência por falta de opção do povo brasileiro. Em quem iríamos votar? No Tiririca? No PT? Na minha humilde opinião, para um país que já teve um Molusco e uma Anta como presidentes e logo em seguida um sangue-suga vampírico Temer, ter um Recruta Zero como presidente é um avanço e tanto. Para não dizerem que sou de esquerda, comunista ou algo parecido, votei no Bolsomito e apoio seu desgoverno. Só de ver a Globo batendo no governo todos os dias, já percebo que estamos no caminho certo. Claro que de vez em quando "ele" chuta o pé da mesa e quebra o dedinho mindinho, mas engessa daqui, engessa dali e... vamo que vamo!

Mudando de assunto, mas bem ao fundo fazendo parte de todo o contexto, se lembram do Edward Snowden? Sabem quem é? Lembram de um carinha que denunciou a CIA e outras agências americanas de espionagem mundial através de captura de e-mails, celulares e afins? O cara está vivendo na Rússia até hoje pois a Rússia não mantém acordos de extradição com os EUA. Façam uma pesquisa para saber mais sobre estes fatos, no mínimo você ficará com medo de usar seu celular.

Enfim chegou o tão esperado inverno. Ou não, né? Pelo menos as chuvas deram uma trégua. Estava chovendo tanto em "CUDOMUNDO" que o povo estava desenvolvendo membrana entre os dedos. Segundo a teoria da evolução de Darwin, vamos virar sapo ou Aquaman.

Sinto falta de shows de humor aqui em CUDOMUNDO. Ôpa, não sei se isso vai cair bem. Me lembro que um show de humor aqui por perto, causou um desconforto gastrointestinal na galera de um município cercado de águas e que tem nome de Bela. Os caras contrataram os humoristas com algumas migalhas de moedas enquanto o show custou aos cofres públicos algumas centenas de dim dim verdinho.

Quero falar de um assunto que hoje não é mais tabu, virou tabuada do 9, que para muitos ainda é difícil decorar. Os movimentos do abecedário. Já são tantas as letras incluídas que nem sei mais como chamar o movimento. Começou com uma galera que não saía do armário por nada desse mundo, mas foi fazer passeata com tudo liberado que virou razão nacional. Quem não se adequar vai ser chamado de homofóbico. Agora fica até complicado fazer piada de bichinha. Se o Costinha fosse vivo hoje, seus shows estariam cancelados, fazendo mais uma bichinha vítima de homofobia. No meu tempo de moleque a galera zoava até com padre cego. Perneta então, a galera fazia fila para passar rasteira. O mundo mudou, ficou chato demais. Gargalhar só se for pelo salário que não chega no final do mês. Um dia chegou? Só quando deixei de comprar alguma coisa que gostava de ter na geladeira.

Como diria o Lulu, "Tudo azul, todo mundo nu.... No Brasil, sol de norte a sul...".

Mood

Postagens mais visitadas deste blog

JOÃOZINHO E A PÁSCOA

- Papai, o que é Páscoa? - Ora, Páscoa é ...... bem ...... é uma festa religiosa! - Igual Natal? - É parecido. Só que no Natal comemora-se o nascimento de Jesus, e na Páscoa, se não me engano, comemora-se a sua ressurreição. - Ressurreição? - É, ressurreição. - Marta, vem cá! - Sim? - Explica pra esse garoto o que é ressurreição pra eu poder ler o meu jornal. - Bom, Joaozinho, ressurreição é tornar a viver após ter morrido. Foi o que aconteceu com Jesus, três dias depois de ter sido crucificado. Ele ressuscitou e subiu aos céus. Entendeu? - Mais ou menos ....... .Mamãe, Jesus era um coelho? - Que é isso menino? Não me fale uma bobagem dessas! Coelho! Jesus Cristo é o Papai do Céu! Nem parece que esse menino foi batizado! Jorge, esse menino não pode crescer desse jeito, sem ir numa missa pelo menos aos domingos. Até parece que não lhe demos uma educação cristã! Já pensou se ele solta uma besteira dessas na escola? Deus me perdoe! Amanhã mesmo vou matricular esse moleque no catecismo! -

Final dos tempos

Como dizia minha mãe: "É o final dos tempos.". Hoje fico em dúvida sobre o que ela queria dizer com essa frase, mas no momento em que era dita, fazia todo o sentido do mundo. E lá se vão 40 anos! Falando em tempo, mês passado já não sabia se estava fazendo 55 anos de vida ou 56. Pode não parecer,  mas isso mexe demais com o nosso subconsciente. Cheguei a pensar: "Eram os Deuses astronautas?". Talvez... Mas o que o suco de abacaxi tem a ver com o rabo da lagartixa? Essa é uma história longa demais que vou deixar para outro dia. O importante é que o envelhecimento da mente é muito preocupante. Sei que sempre houveram catástrofes, desde os tempos mais remotos. Temos referências históricas sobre esses fatos, seja em hieroglifos ou em textos de papiro. O fato é que vivemos em um planeta sujeito à mudanças climáticas, acomodações de placas tectônicas e tudo o mais. Se formos pensar bem, não é que esteja acontecendo mais do que antes, o fato é que a população mundial cresc

Selva!

Como diria o Tarzan: "Ôoooooooooo ô o o..... oooooooooo!". E o Brasil foi para o brejo, novamente. Depois de quatro anos limpando a "merdalhada institucionalizada" durante os 14 anos de poder dos vermelhos, voltamos a estaca zero. Não adiantou nada o Mito ser honesto, chorar diante das câmeras, abaixar a cabeça diante do "Careca Xavier da Corte", que acabou levando fumo. Faltou socar o pau e lutar de igual para igual contra o bando de corruptos. Não adianta, se você vai lidar com bandidos, deixe as flores em casa. Fale e aja de igual para igual, senão você será engolido. Ouso até dizer que os ditos patriotas foram muito inocentes. A esquerda vermelha está acostumada com a "maracutaia", sabe bem o que fazer para distorcer a história. E não se enganem, com muito dinheiro. O que mais ouvi nesta corrida eleitoral foi a palavra "narrativa". Só cego não vê que, dos dois lados, houve uma enxurrada de desvios de narrativas, falsas notícias, coi