Pular para o conteúdo principal

ENTRANDO EM 2015



E então, 2015 chegou. E 2014, como foi? Politicamente engraçado, como sempre. Tanta coisa aconteceu nesse mundo, e fora dele também, que assunto teremos para o resto de nossas vidas. Claro e lógico, tratados aqui com muito humor. Afinal de contas, para que se estressar se podemos apenas rir de tudo. Mas, como diria o Dr. Jack, "Vamos por partes."

Uma coisa engraçada que tenho pensado durante boa parte deste ano que passou, e não tenho dúvidas de que permanecerá por algum tempo em 2015, é o fato de toda vez que abro uma nova postagem, invariavelmente me vem à cabeça a imagem do Blogueiro da novela Império, o tal Teo Pereira, uma bichona escandalosa, interpretada majestosamente pelo ator Paulo Betti. Sensacional ator. Isso acontece porque este site que você tem curtido, na verdade é um blog metido a site, ou um site em formato de blog, como queira. Não que eu seja uma "bichona", longe de mim "queriiiidooo!"... Hahaha...

Em 2014 aconteceu de tudo. O Papa Argentino conquistou o mundo inovando a cara do vaticano e quebrando tabus com sua simpatia adorável. Gosto dele também. Acredito que ele não seja argentino. Os caras da NASA - Agência do Governo Norte-Americano para assuntos aeronáuticos e espaciais - conseguiu pousar uma sonda em um asteroide. Como pode conseguir uma proeza dessas se ainda temos como maior e mais rápido meio de locomoção de passageiros o avião, que se cair, dificilmente há sobreviventes? Se conseguem pousar uma sonda em um asteroide, já deviam ter criado maneiras de salvar as pessoas em um acidente aéreo. Perceberam que de vez em quando some um avião por ai? Como pode? Porque não dão um para-quedas para cada passageiro e acabam logo com essa putaria?

Falando ainda em aviões, caiu mais um avião la pelas bandas da Malásia. Vão esperar cair quantos mais para se tocarem de que tem alguma coisa errada por la? Ou o triângulo das bermudas mudou de lugar ou a molecada está usando estilingues muito potentes por ali. Vai saber.

Mas nem tudo foi... Eu ia dizer ruim em 2014, mas acabei de lembrar dos piores, pois agora mesmo vai acontecer a posse de nossa Presidenta Dilmenta Rocoscoff, que irá receber a faixa dela mesma. O que ela diria para si própria? Antecipo: "Foda-se!" Foda-se, mas antes foda milhões. Por mim, do jeito que vier eu sobrevivo e ainda tiro meu sarrinho. Mas fico imaginando nosso país, rodando feito um peru no terreiro ao ver se aproximando o dezembro e pensar: "Será que vão me comer?" Tenho realmente pena do meu país, pois todos o olham com dois cifrões nos olhos, como nos desenhos animados, aqueles olhos arregalados em formato de cifrão. Aqui todo mundo tira uma casquinha. Lógico, "Em terra de cego, quem tem um olho é Deus.". Se um cara como o Lula é idolatrado como um Deus, imaginem o que pode acontecer. Tudo.

O Medina. Eita!!! Quem é esse cara? Esta provavelmente foi a pergunta feita pelos políticos da região. Nunca deram apoio ao rapaz, mas quando souberam que ele foi campeão mundial de surf, um "sininho" soou na cabecinha de nossos intrépidos políticos. Então, agora vão fazer até um busto para ele. Todas as glórias para o Medina, mas eu iria adorar se ele tirasse as fotos ao lado de políticos fazendo "chifrinho" em cada um deles. Seria uma maneira bem simpática de mandar todos à merda.

E as chuvas começaram em 2014 destruindo tudo, como sempre. Sabem por que? Porque as pessoas, em sua ganância e ignorância, constroem suas casas em locais onde a natureza não deve ser invadida. Desviam os cursos dos rios, desmatam suas margens, derrubam árvores e ignoram totalmente a força da natureza. Um dia ela acaba tomando tudo de volta. E então, ainda vem um "lesado das ideias" dizer que a culpa é da Administração Pública. Até que faz um bom sentido. Alguém liberou as obras ou no mínimo não fiscalizou. Deu no que deu.

E para não dizer que este texto é muito longo e sem graça, devo terminá-lo por aqui. Não que "eu" queira, mas devo. Então, Feliz Ano Novo e um brinde:

"Que nossas mulheres nunca morram viúvas, nem tão pouco nossos filhos órfãos!" - Saúde!

Mood

Texto/Ilustração: Mood

Postagens mais visitadas deste blog

Biden fala sobre atentado a Donald

"A América não pode se calar!" - Disse o Presidente Americano João Biden. Em seu primeiro pronunciamento após o incidente na Pensilvânia com Donald Trump, Biden pede ao congresso para reabrir o caso Roswell e convoca os agentes aposentados do extinto Projeto Livro Azul. Preocupado com as reações do povo americano ao atentado em que Donald Trump supostamente levou um tiro na orelha; levou uma mordida de pernilongo da dengue; levou uma mordida de Mike Tyson; levou um tiro de um sniper de 6 dedos na mão direita; Biden fez seu pronunciamento 2 horas após o incidente. "Não podemos permitir que invasões alienígenas desviem o foco das eleições mais limpas que o mundo democrático já viu. Onde já se viu, atirar no Pato Donald! O que a Disney fez?" Repórter Esbrignight para o plantão do Jornal Irracional. Texto/Arte: Mood

Taxação no QI dos brasileiros

Haddad, o criador de taxas e tributos, em um momento de nada para fazer, cria a taxação do QI do povo brasileiro. Maior o QI, maior a taxa. Ao passar sua brilhante ideia ao Presidente Lelé da Cuca da Silva, esqueceu-se que seu patrão tem QI zero.

Atentado contra Trump

Mosquito, possivelmente da dengue, morde a orelha de Trump durante discurso em evento de campanha na Pensilvânia. Obviamente o mosquito mordeu o local com maior área de acesso, ou seja, a lapa da orelha de Donald Trump, que facilitou o delito. Tudo aconteceu em uma sequência de fatos que levaram os agentes de sua segurança a agir por instinto e intervir de maneira enérgica. Um sniper da segurança que estava posicionado em cima de um telhado próximo ao evento, foi alvejado por outros agentes. Ao perceberem a reação de Donald Trump levando a mão direita até sua "pequena orelha - maior metro quadrado de seu corpo" e em seguida se abaixar, os agentes focaram no único alvo armado possível, seu próprio agente sniper. Segundo investigações preliminares, o atirador tinha seis dedos em sua mão direita, foi filiado ao partido PSOL no Brasil e ao morrer fez o L com sua mão direita. Mais informações logo mais no Jornal Irracional. Repórter Esbrignight para o plantão Moodcomics. Texto/art